sábado, 28 de novembro de 2009

Reflexão - Carlos Drummond de Andrade


Falar é completamente fácil, quando se tem palavras em mente que expressem sua opinião.
Difícil é expressar por gestos e atitudes o que real mente queremos dizer, o quanto queremos dizer, antes que a pessoa se vá.

Fácil é analisar a situação alheia e poder aconselhar sobre esta situação.
Difícil é vivenciar esta situaçãoe saber o que fazer.
Ou ter coragem pra fazer.

Fácil é demonstrar raiva e impaciência quando algo o deixa irritado.
Difícil é expressar o seu amor a alguém que realmente te conhece, te respeita e te entende.
E é assim que perdemos pessoas especiais.

Fácil é mentir aos quatro ventos o que tentamos camuflar.
Difícil é mentir para o nosso coração.

Fácil é dizer "oi" ou "como vai?" Difícil é dizer "adeus".
Principalmente quando somos culpados pela partida de alguém de nossas vidas...

Fácil é abraçar, apertar as mãos, beijar de olhos fechados.
Difícil é sentir a energia que é transmitida. Aquela que toma conta do corpo como uma corrente elétrica quando tocamos a pessoa certa.

Fácil é querer ser amado.
Difícil é amar completamente só.
Amar de verdade, sem ter medo de viver, sem ter medo do depois. Amar e se entregar. E aprender a dar valor somente a quem te ama.

Fácil é ditar regras.
Difícil é segui-las.
Ter a noção exata de nossas próprias vidas, ao invés de ter noção das vidas dos outros.

Fácil é chorar ou sorrir quando der vontade.
Difícil é sorrir com vontade de chorar ou chorar de rir, de alegria.

Fácil é dar um beijo.

Difícil é entregar a alma.
Sinceramente, por inteiro.

Fácil é sair com várias pessoas ao longo da vida.
Difícil é entender que pouquíssimas delas vão te aceitar como você é e te fazer feliz por inteiro .

Fácil é ocupar um lugar na caderneta telefônica.
Difícil é ocupar o coração de alguém. Saber que se é realmente amado.

Fácil é sonhar todas as noites.
Difícil é lutar por um sonho.
Eterno, é tudo aquilo que dura uma fração de segundo, mas com tamanha intensidade, que se petrifica, e nenhuma força jamais o resgata".


2 comentários:

Edi disse...

É A MAIS PURA VERDADE, INFELIZMENTE A MAIORIA DAS PESSOAS NÃO QUEREM E NÃO SE PERMITEM ENTREGAREM COMPLETAMENTE EM NENHUM TIPO DE RELACIONAMENTO E/OU COMPORTAMENTO. SÃO MUITO ARTIFICIAIS E GERALMENTE CUIDAM DA VIDA DE OUTRAS PESSOAS, QUEREM VIVER A VIDA DE OUTRAS PESSOAS E NÃO SE ENTREGAM DE CORPO ALMA E CORAÇÃO EM SEU PRÓPRIO EU, EM SUA PRÓPRIA VIDA... "é fácil ditar regras o difícil é segui-las..." NINGUEM SEGUE, NINGUEM QUE ENTRAR DE CARA NA VERDADE, VIVER A SUA PRÓPRIA VERDADE, TEM MEDO, USAM SEMPRE MÁSCARAS. DIGO ISSO PORQUE EU JÁ FUI ASSIM, AGORA QUE ESTOU APRENDENDO A DEIXAR AS MINHAS MÁSCARAS CAIREM... ESTOU ME CONHECENDO, ME AMANDO DE VERDADE!

ADOREI SEU BLOG.
BJOS!

Bel Bezerra disse...

Seja muito bem-vindo Edi ! Fico muito feliz com seu depoimento, muito verdadeiro e expressivo, espero que sirva de exemplo para muitos leitores.
Volte sempre, comente sempre, é de pessoas como você que construímos e formamos pessoas melhores.

Namastê.